E depois de amanhã?

E depois de amanhã?

Amanhã pode ser tarde, imagina depois de amanhã. Vai bater o arrependimento, a tristeza; eu devia ter feito, falado, batido, beijado, mas não fiz. Daí vem o “se”; se não fez, não era pra ser feito. Na vida não existe o acaso, existe o certo. Às vezes algo não acontece porque não é para acontecer, não adianta forçar, não seria bom, não te pertence.  

Chega depois de amanhã, e aí sim se conhece a resposta, com mais calma, refletindo e conformando com o resultado, pois não seria positivo. Que bom que me foi tirado, que bom não ter feito, depois do feito, não há o desfeito, é pra sempre. 

Talvez ainda chegue o dia em que os humanos pensem mais antes de agir, assim passará por menos frustrações e arrependimentos por situações que jamais se desfazem quando malfeitas. Uma palavra, um gesto que poderia ser evitado, mas não pensado, pode atrapalhar uma vida inteira. Pense antes de agir, o depois de amanhã pode ser um alívio. 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *