Influenciadores e seus conteúdos

Influenciadores e seus conteúdos

Está certo que sempre houve influência na vida alheia através de personalidades televisivas, que ditam moda, comportamento, ideal. Tanto é que as propagandas de grandes marcas escolhem pupilos ativos para falar bem dos seus produtos, e dá certo. Mas desde que o mundo passou a ser digital, não só artistas, mas todo e qualquer mortal que souber falar bem na frente das câmeras é capaz de virar um influenciador.

O modo aparecer é 100% um passo fundamental para começar a ser notado – isso vale até pra alavancar um trabalho. Não há nada de errado em passar conhecimento para outras pessoas, o grande problema que existe hoje é o conteúdo que muitos ousam passar sem sequer ter embasamento sobre aquilo.

Na grande maioria, os jovens são alvos certeiros nesse mundo, já que têm sede de aprender. Mas se jogam na frente de outros jovens, também despreparados em vários campos da vida, ensinando a como ter o corpo perfeito (sem ser um profissional da saúde ou da educação física), embasados apenas nas suas loucuras diárias para ser “magro”. Ou ainda que ‘vende’ maquiagem, roupa, comportamento e jogos, única e exclusivamente com a ambição de enriquecer facilmente. Esses são alguns dos fatores de risco para a criançada e adolescentes, que são número significativo de seguidores desses tais influencers.

Nem todos influenciam negativamente, existe uma grande parcela com assuntos bem interessantes com canais de notícias, entrevista, receitas e até conhecimento sobre curiosidades do Planeta Terra. Mas a diferença é, para quem acessar, qual o significado que aquilo terá na sua vida, no seu modo de pensar e enxergar as coisas? Tem que valer a pena.

Com as crianças o impacto é muito maior, pois muitos desses canais usam palavrões e expressões que poderão pôr tudo a perder na educação que os pais tanto zelam. Por isso é importante que fiquem atentos ao que seus filhos estão acessando. Você pode pensar que seu filho está simplesmente assistindo a um vídeo de games enquanto está frente a frente com influenciador que não mede as palavras, independentemente de imaginar que há crianças vendo.

A influência gera inúmeros transtornos familiares, muitas mães já perderam suas filhas pela busca do corpo perfeito, influenciadas por uma garota linda e, aparentemente perfeita, por apenas desejar ser igual. Ou um filho quieto e educado passar a ser outra pessoa, discutindo e tomando atitudes perturbadoras que a família não consegue impedir. E há risco nisso. A influência está em toda parte, nas ruas, nas escolas, mas em tempos de pandemia o perigo mora na tela. Seu filho não está seguro neste mundo silencioso e solitário, que pode levá-lo por um caminho sem volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *