Crítica

Crítica

O livro ‘Se não eu, quem vai fazer você feliz?’ de fato é uma história de amor. O leitor não vai encontrar a vida do Chorão desde pequeno, seus dramas de família ou percalços da adolescência até a vida adulta. É uma história de duas pessoas que tiveram aquele encontro ‘casual’ na hora certa.

A história discorre de quando e como se conheceram, todas as fases que passaram juntos em quase vinte anos de convivência e muito amor. As conquistas profissionais e pessoais, fatos engraçados e dramáticos, mas principalmente a pessoa atrás daquela imagem, um homem sensível, focado no trabalho e com muito amor no coração.

Sofreu muito com a morte do pai, também com as brigas na banda, as críticas que recebia dos fãs, os problemas que surgiram com o sucesso. Tudo isso levou o ídolo que fazia a plateia interagir com ele como nenhum outro a sair de cena precocemente. Isolado, sem que ninguém pudesse fazer nada. Nunca mais voltou aos palcos.

Uma história gostosa de ler, que conta fatos muito particulares da vida de Chorão e Graziela, uma trajetória feliz, mas com desfecho trágico. Leitura rápida e de fácil entendimento, que, com certeza, vai levar os fãs mais sentidos com sua morte a entender melhor como foi a verdadeira história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *